RSS

Ney Wendell

Ney Wendell é natural de Valente-Bahia, tem pós-doutorado em Sociologia pela Université du Québec à Montréal-UQAM (BOLSISTA DA CAPES – PROCESSO: BEX: 9516/11-5), doutor e mestre em Artes Cênicas pela UFBA, licenciado em Teatro pela UFBA, arte-educador, diretor teatral, escritor e gestor de projetos sociais e educacionai

Como professor universitário atuou entre 2003 a 2008 ensinando Teatro-Educação na Universidade Federal da Bahia e Arte-educação na Universidade Estadual da Bahia com atuações em mais de 12 cidades, com formação de mais 1200 educadores das redes municipais em arte-educação, além de ensinar Teatro Terapêutico no Instituto Junguiano da Bahia através da Fundação Baiana para o Desenvolvimento da Ciência-FBDC.

Na área de educação infantil atuou na capacitação de professores da Rede Municipal de Salvador através das formações em arte-educação do Instituto Araketu de 2000 a 2003, coordenou o projeto de formação artística de 2300 crianças nos Centros Sociais Urbanos de Salvador em 2004, atuou como educador durante 04 anos nas Escolas de Salvador e Interior da Bahia entre 1999 a 2003 e atualmente vem se dedicando a produzir livros de técnicas em arte-educação para crianças e jovens, através da ONG Instituição Fraterna Sorriso de Criança.

Na área de gestão social e cultural, coordenou entre 1998 a 2002, alguns projetos sócio-culturais em comunidades populares de Salvador através da Sociedade Hólon e Fórum Comunitário de Combate à Violência. Ainda nos anos de 1996 e 1997 criou e coordenou o Projeto Teatral Ato de Quatro que funciona até hoje na UFBA. No período de 2003 a 2008 foi coordenador do projeto teatral Cuida Bem de Mim, que trabalhava com o enfrentamento da violência nas escolas, com atuação em vários estados brasileiros e em parceria com o Instituto Ayrton Senna e a Petrobras. Atuou no período de 2008 a 2009, como Gestor de Teatro na Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, além de estar atualmente coordenando o Centro Cultural Sorriso de Criança em Feira de Santana-Bahia e a área de formação da Rede Brasileira de Arteducadores-ABRA.

Como Arteterapeuta vem, desde 2003, coordenando as atividades artísticas com as pacientes do Hospital do Câncer Aristides Maltez em Salvador, através do Grupo Gamma, além de realizar cursos de arte e saúde em empresas, escolas e organizações sociais.

Na função de Arte-Educador vem promovendo cursos de artes para idosos desde 1996 através da UFBA, Governos e SESC na Bahia e outros estados, realizando também capacitações de educadores em técnicas de Arte-Educação em escolas e outras instituições sociais de ensino, especializando-se nos estudos da arte e afetividade, arte e cultura de paz , arte e direitos humanos, entre outros.

Já na atuação como diretor teatral vem dirigindo espetáculos desde 1997, voltando-se para o trabalho social com não-atores, entre eles crianças e jovens de ONGs e idosos em asilos, mulheres com câncer de mama em hospitais e outros públicos oriundos das comunidades populares, destacando-se produtos como Felizes (1997), Monte Castelo (1998), Paz (2000), Pétalas (2002), Voltei a Viver (2004), Mulheres que se Amam (2009) etc.

É autor dos livros “Direitos humanos no combate a violência: ações com adolescentes e jovens” publicado pela UNICEF em 2007, “Cuida Bem de Mim: teatro, afeto e violência nas escolas” pela EDITUS em 2010, além de vários artigos sobre teatro-educação, mediação cultural e teatral, violência escolar, formação artística, arte e saúde em várias revistas e livros. Formou-se também em Transpersonal Life Coaching pela Nexus-São Paulo em 2009 e é capacitado em outras áreas como Gerontologia, Educação em Saúde, Educação Transpessoal, Economia Solidária e Gestão de Projetos.

Atualmente vem atuando como consultor cultural e educacional e realiza palestras, seminários e elaboração de projetos em empresas e instituições diversas sobre as temáticas das artes nas áreas ambientais, sociais, culturais, empresariais, educacionais e de saúde.

CV LATTES: http://lattes.cnpq.br/3613293773224660

Anúncios
 

19 Respostas para “Ney Wendell

  1. André Luis

    julho 1, 2011 at 12:09 pm

    Ney, você foi e sempre será uma grande referência para mim. Obrigado!
    André Luis

     
  2. Deize Botelho

    setembro 22, 2011 at 5:41 pm

    Bravo Ney!! parabens pelo belíssimo trabalho realizado!!..um cheiro do Pará!

     
  3. Naranda Borges

    outubro 19, 2011 at 2:24 pm

    Bravo!

     
  4. Alessandra

    novembro 30, 2011 at 1:43 am

    Ola Ney,
    Primeiro parabéns pelos estudos e trabalhos que tem realizado. É de brasileiros assim que precisamos como ref. no exterior. Mais cultura e educação.

    Gostaria de pedir sua sugestão. Estou em fase de transição de carreira, de recursos humanos para o teatro, e estou começando estudando em uma escola tradicional de teatro – técnica de SP. Nasci aqui mas fui criada no interior da Bahia e adulta retornei. Tenho 37 anos (pouco velhinha para uma área onde começam cedo em geral)…Mas enfim. Tenho duas alternativas e gostaria de sua opinião sobre o reflexo em meu início no teatro – 1. concluir meu curso técnico que termina em 2 anos e nesse meio tempo atuar como assistente de professores e quando concluir buscar uma oportunidade de ensinar e continuar estudando, etc. Saindo de vez após esses 2 anos de Recursos humanos. 2. Talvez mude de país, vá para o Canadá – Montreal ou Toronto. O que acha das possibilidades de estudo do teatro para brasileiros lá e oportunidades, seja de ensinar, estudar, ou atuar e até mesmo outros. Se eu for para lá penso em estudar teatro lá, seja livre, ou graduação, etc. Estudar teatro. Mas não sei se é uma decisão que depois eu não terei chances de trabalhar com isso, considerando a dificuldade da língua para atuação por exemplo…

    Forte abraço e se puder me responder a sua opinião será de grande valia. Vai me ajudar mais do que imagina.

    Parabéns.

    Alessandra

     
  5. mediacaoteatral

    dezembro 30, 2011 at 3:59 pm

    Oi Alessandra,

    Fico feliz em abrirmos este dialogo. Parabéns pela sua iniciativa de colocar em pratica seu sonho de fazer teatro. Estamos juntos nesta jornada de coragem e desafios diarios. Mas, o prazer de criar e nos encontrarmos através dos palcos é grande.
    Mando um email para ti esclarecendo sobre as possibilidades com o teatro no Canada.
    abs.
    Ney

     
  6. Juçara Souza

    julho 1, 2012 at 5:13 pm

    Como é bom saber que existem jovens com esta sêde de ensinar e aprender tão grande e o que é melhor, disponibilizando um pouco do seu tempo para os que não tem oportunidade de estar neste mesmo contexto por causa de condções financeiras. Creio que nos encontraremos no curso de Arteterapia -IJBA, não vejo a hora de absorve de forma prazerosa um pouco do seu aprendizado. Até lá.
    Abraços.
    Juçara Souza
    Psicóloga Clínica/ Educacional

     
  7. Valéria

    agosto 7, 2012 at 1:53 pm

    Ney, conheci você na Mansão do Caminho, quando meu grupo de Cruz das Almas foi visitá-los. Que bom te ver envolvido em trabalhos tão bonitos, parabéns pelo sucesso. Acabei de ver um video de uma dinâmica sua, irei reproduzí-la na evangelização dos jovens. Um abraço!

     
  8. camila

    fevereiro 16, 2013 at 3:22 pm

    gostei muito da História de well wendell !!

     
  9. Marcio Cardoso

    agosto 31, 2013 at 2:39 am

    Boa noite Ney.
    Você não me conhece mas, ao ler esta reportagem vi que você esta pesquisando sobre a mediação teatral nas escolas. Acontece que estou começando meu TCC no curso de Bacharel e Licenciatura em teatro pela Udesc/SC. Meu tema é sobre o professor mediador no ensino teatral, tanto na comunidade como nas escolas. Está difícil achar materiais que falem deste tema e vejo que é um grande desafio discorrer sobre este assunto. Você já terminou sua pesquisa? Quais autores vc me indicaria sobre este tema: mediação teatral ou pedagógica.
    Muito obrigado pela atenção dispensada,

    Grato,

    Marcio Cardoso
    marciobasilio2003@yahoo.com.br / Face: Marcio Cardoso ou peça teatral a menina torta.

     
  10. Marcio Cardoso

    agosto 31, 2013 at 2:42 am

    Gostaria muito de ter você citado no meu trabalho.

     
  11. mediacaoteatral

    setembro 5, 2013 at 3:05 pm

    Oi Marcio, um prazer fazermos estas trocas de conhecimentos.

    Eu escrevi um livro Cuida Bem de Mim que fala da recepcao teatral que disponvel pela editora Editus:

    http://www.uesc.br/editora/catalogo/index.php?item=conteudo_outros.php

    Eu publiquei tb um caderno de mediaao cultural no mediacaofiac.com.br. Fale com eles para obter um exemplar.

    ver a tese sobre a mediao teatral de 2011 :

    https://www.google.ca/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CC4QFjAA&url=https%3A%2F%2Frepositorio.ufba.br%2Fri%2Fbitstream%2Fri%2F9436%2F1%2FNey%2520Wendell%2520Cunha%2520Oliveira.pdf&ei=h5woUoWFJcjMsASp84HIBg&usg=AFQjCNGZVVWbZo_2S-pMXHLLTsP5OR8tMQ&sig2=BmgJa_YJUvEPm3GarivDzA

    http://www.4shared.com/office/im4TBrsb/TESE_Ney_Wendell.html

    abs,

    Ney

    > Date: Sat, 31 Aug 2013 02:39:28 +0000 > To: ney.arte@hotmail.com >

     
  12. Ricardo Tenório Rodrigues

    abril 22, 2014 at 12:13 am

    Você dá palestras e mini cursos em escolas particulares Ney?
    Gostaria muito de me contactar com você
    Te descobri através de uma leitura fiquei muito encantado com seu livro que fala sobre simples atitudes que propiciam gentileza. Por favor deixa seu contato por e-mail.
    Abraços!

     
  13. george.

    agosto 9, 2014 at 1:26 pm

    Rapaz, vc não imagina o quanto a emoção toma conta de mim ao lembrar daquele garotinho que conheço desde que nasceu e que acompanho a trajetória de vida até hoje. Continue a ser esse ser iluminado que és. Grande abraço no coração.

     
  14. Marcelo

    novembro 8, 2014 at 11:30 pm

    Ney querido quero falar com vc. Marcelo A. Marfuz – Salvador – marcelo2573@gmail.com envia seu numero

     
  15. Carlos Roberto de Paula Domingues

    novembro 28, 2014 at 6:01 pm

    Olá Ney, sou de Minas Gerais e estava em busca de alguém que trabalhasse com teatro no Canadá e li seu blog e achei sensacional bem tem um projeto de vida de poder trabalhar com teatro aí. Meu nome é Carlos Roberto mais conhecido como Robertinho Domingues, sou ator a mais de 13 anos e vivo exclusivamente de teatro numa cidade do interior de Minas, Já fiz filme Nacional mas vejo que o Brasil é complicado a difusão do teatro aqui para trabalho pois consegui uma proeza. Bem como é de trabalho, público e grana…existe uma média e dar para se viver como ator mesmo sendo de outro país aí? Meu Inglês é fluente tenho talvez que aprender o Francês.

    Qualquer informação será muito válida!

    Obrigado pelo tempo dispensado.

    Abs Robertinho Domingues, ator.
    São João Nepomuceno, Minas Gerais, Brasil.

     
  16. Bruno Serejo

    novembro 19, 2015 at 10:25 am

    Bom dia!
    Amigo Wendell
    Estamos tratando no sul do Pará mas exatamente em Parauapebas-Pará com projeto social para Crianças e Adolescentes algumas duvidas surgiram, e temos você como referencia seria possível me enviar uma msg no meu celular para que possamos trocar ideias, até se possível agendar uma visita sua em nossa região.
    desde já agradeço
    Bruno Serejo
    94 999552475

     
  17. Marcia Suely Oliveira Araujo

    agosto 15, 2016 at 4:43 pm

    Olá Wendell. Boa tarde.
    Fui convidada para proferir uma palestra no III Encontro de Letras, Artes e Educação na UEFS, com o tema “EALE: nos caminhos da arte e da educação”. Então, ao construir o meu texto me deparo com um artigo de Iara Villaça que, para minha grata surpresa, cita o seu nome como Coordenador da Rede Brasileira de Arte-educadores, o que me permite citá-lo em meu texto e apresentar a sua imagem de fundo.
    Muito grata por desenvolver tão importante trabalho. Que Deus continue te abençoando.
    Bjs em Sherinho, em Bento e San.
    Gratidão!!!

     
  18. edjose amorim

    novembro 2, 2016 at 7:30 pm

    Boa tarde, li seu livro praticando a gratidão achei genial vc è genial!!!

     
  19. Michele Niella

    maio 1, 2017 at 9:25 pm

    Ney, recentemente (há uma semana) tive um sonho muito emocionante contigo, mas não sabia como te localizar. Hoje (agora) me recordei do sonho e pesquisei teu nome e qual não foi minha surpresa ao ver teu processo de desenvolvimento!
    Sei que não lembrará de mim, faz muitos e muitos anos, mas fico feliz em ter notícias tuas.
    Fica com Deus!

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: